Vai…e se der medo, vai com medo mesmo!

30 out

A Paula me descobriu por indicação de uma amiga. Precisava de algo para uma data especial. Pensava em pães de mel. Elisa, a amiga, contou pra ela sobre os fudges, mas ela nunca tinha experimentado. Sem problemas, afinal eu sempre mando uma amostra, e assim foi com a Paula também. Só que as amostras foram via Elisa, e eu nem precisei me preocupar com a entrega. Resultado: fudges provados, aprovados, orçados e encomendados.

O filho dela fez a primeira comunhão e os fudges personalizados foram entregues aos convidados no dia da missa.Combinei a entrega no dia 25, um dia antes da missa.Peguei o endereço e coloquei no mapa.

Hahaha, só rindo pra não chorar. Morumbi! Eu, que já sou uma pessoa perdida em locais conhecidos, nada sei do Morumbi.

Olha o endereço aqui, navega no Facebook lá, de repente, esta imagem:

Imagem

E lá fui eu, mapa na mão e rádio ligado. Coloquei o Rodrigo (meu filhote de três meses) no carro e fui para o Morumbi. As ruas parecem não ter nomes, e não tem recuo para você dar uma conferida. Mas fui, cheguei e entreguei. E a Paula, quando me viu, me disse “nossa, como você é bonita, parece com os fudges.”

Foi um dia com medo, mas sensacional para alguém que ainda está dormindo aos pouquinhos, de mamada em mamada! E ainda foi a primeira vez dos fudges como lembrancinha de primeira comunhão.

Primeira Comunhão

Anúncios

3 Respostas to “Vai…e se der medo, vai com medo mesmo!”

  1. Paula outubro 30, 2013 às 7:14 PM #

    Juliana, os fudges fizeram o maior sucesso por onde passaram: além de distribuídos na igreja, acompanharam o cafezinho do almoço comemorativo e, na segunda-feira, o lanche da escola do Gabriel e de seus coleguinhas, e o meu e de meus colegas, no trabalho.
    Que bom que você não desistiu de nós!
    Assim como os fudges, seu texto também foi elogiado. É espirituoso, bem escrito e muito, muito simpático! Um beijo e até a próxima comemoração… Paula

    • julimfudge outubro 31, 2013 às 9:35 AM #

      Paula, desistir de vocês, nem passou isso pela minha cabeça. Eu talvez pedisse para alguém entregar para mim. Se tivesse feito isto, não teria escutado o seu elogio. 🙂 Sério, ganhei o dia, você devia ter visto o meu sorriso no caminho da volta, ele não saia do rosto. Beijos, e obrigada!

  2. Afonso Vieira março 26, 2014 às 12:41 PM #

    Ju, eu sei tudo sobre o Morumbi, vc devia ter me perguntado! Ha ha ha , acho tão fácil se locomover por aqui!
    Adorei a moça te fizer q vc se parece com im Fudge #Original

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s